30.9.05

Musicol prás massas

Entre bandas inventadas (D'ZRT), sapos virtuais (Crazy Frog), versões de um artista morto há mais de vinte anos (Humanos), banhos de sol tropical serôdio (Rita Lee) e crooners do tempo da avózinha (Nat King Cole), sobram cinco gravações contemporâneas*, chamemos-lhes assim, na lista dos dez discos mais vendidos entre 19 e 25 de Setembro. De 2005.

* Inclui os artistas Bon Jovi e Rolling Stones; parece que são «jovens promessas»...

Até já II

Nos últimos dias tem-se falado mais da Alta Autoridade para a Comunicação Social do que nos últimos 12 meses? Será o canto do cisne?

Até já

É impressão minha, ou a nova campanha da TMN - perdão, tmn - é muito má? É que nem sequer é má do género "série B", tão má que é gira. Não. É simplesmente má. Não faz sentido. Não tem piada. É má. Muito má. Ou então fui eu que não percebi: "até já"? O que é que eles querem dizer com "até já"? Que vão fechar? E o que é que a gente faz aos telemóveis? Muda para a concorrência? Não percebo...

E o que é que eles querem dizer com aquele anúncio com um homem sentado na casa-de-banho a dizer que gosta de comida indiana? Que se estão a cagar para nós? Ou que nós é que devemos cagar para eles? Ou para a concorrência? Ou que a comida indiana é má? E o que é que isso tem a ver com telemóveis? Não percebo... Se calhar se nos tivessem pago para pintar a beluga de azul durante um dia eu já percebia, mas assim não percebo. Não percebo...

ÚLTIMA HORA: Encontrada a filha perdida de George W. Bush!

«On November 25th, 1981, George W. Bush became the loving father of twins. Unfortunately, Laura gave birth to triplets...»

Flora Bush, The Child Left Behind

Flora Bush é, alegadamente, a terceira filha de George W e Laura Bush. A filha que o pai "esqueceu", depois de descobrir que ela gostava de música punk, que talvez fosse lésbica e, pior do que tudo, que era democrata!

Agora, a vingança de Flora Bush serve-se em disco: The Child Left Behind é a estreia da gata borralheira em formato EP, é exorcismo em versão "electro-punk-rock-cabaret-musical-da-Broadway-pop-chewing-gum". É ode ao ódio paternal (Get Out Of Iraq [And Out Of My Room]), é balada de triste solidão (All Alone [Like The USA]), é despedida com cheiro a esperança (Puppies And Landmines), é exigente mas terna carta de amor e perguntas (Y Do U Lie 2 Me, Dae-E?). E é uma das brincadeiras mais bem forjadas da pop made in USA. Viva a Bush!

Vozes! Estou a ouvir vozes!

Seguindo o conselho de um camarada, descobrimos o já velhinho 5 Men In A Limo, curta-metragem mui pândega (na onda do genial trailer de Comedian, o documentário sobre Jerry Seinfeld), que nos mostra a viagem de cinco das mais conhecidas vozes do cinema norte-americano a caminho de... a caminho de... enfim, a caminho... É p'ra ver e ouvir, senhores, é p'ra ver e ouvir.

5 Men In A Limo

Já estamos a ver... um dia... uma curta-metragem protagonizada pelas vozes mais conhecidas de Portugal: o Augusto Seabra, o José Ramos, o Eládio Clímaco, o Cândido Mota, o Artur Agostinho... Ó pá, que bonito era, que bonito era...

29.9.05

O Teaser da Nação IV

Faltam duas semanas...

Going downhill fast

Aqui vai a letra de uma música que se ouve sempre como pela primeira vez.
Para quem quizer ouvir pode ir procurar.

"One butterfly
Spies a glint in his eye,
Birds sing as he cycles by.
Oh! Why should he feel sad?
This world's not so bad, and besides,
Woe betide he who would frown
When natural beauty abounds.
And now with wheels spinning free
He's picking up speed.

Two butterflies
Tie knots in his stomach,
They love it when he goes too fast.
Wind whistles past,
Whilst oceans of air
That will mess up his hair,
Though he no longer cares any more
For overindulgence and vanity,
Vacuous vice!
Just once or twice,
Thrice,
Four times in five we forget we're alive
And neglect to remind ourselves.

Three butterflies
Realise when it's time to depart,
They have tickled his ribs
They have fluttered his heart,
But the starting is easy compared to the stop
And the bottom is hard when compared to the top.

Oh la la la la la etc..."


The Divine Comedy, Promenade, 1994

Planeamento

Eu planeio
Tu planeias
Ele planeia
Nós planeamos
Vós planeais
Eles planeiam.

Está tudo planeado mas vai ao fundo quando nos vemos em Portugal.
Não há plano que resista à burocracia portuguesa.
Já parecem planos de Cebolinha.

Ao nosso Quarto, que anda lá fora a viver pela luta

Vai devagar meliante
não amasses o joelho
põe a cara de tunante
e come o arroz de coelho

Mais vale Cervantes que depois

Em 1585, Ernesto Panigua volta à sua Andaluzia natal, vindo do Levante. Traz na arca alguns tesouros, traz no corpo um membro a menos. A batalha de Lepanto roubara-lhe um braço. Partilha essa infelicidade com uma figura grada, gradíssima, não outro que Cervantes, seu companheiro de batalha. Segundo testemunhos coevos, Panigua salvou a vida do grande escritor ao cair sobre ele num momento aceso da refrega, impedindo assim que um projéctil turco o atingisse. O próprio Cervantes refere Panigua em correspondência trocada com Alcalá de Rindo, seu amigo de infância, descrevendo-o como um «bonacheirão e rubicundo homem, mais lesto na mesa que na espada». A influência de Panigua parece assim ter sido dupla: permitiu a Cervantes sobreviver a Lepanto e escrever a sua obra magna, e tê-lo-à provavelmente inspirado na criação da figura de Sancho Pança. Ernesto Panigua morreu em Talazares, perto de Sevilha, em 1589, vítima duma infecção pulmonar.

One more Cash


E, a seguir, teremos Bob Dylan no Parque Mayer...

O Cancioneiro Bush

Esta é tão brilhante, tão absolutamente genial, tão ferozmente hilariante, que merece mil Saravás do tamanho do Nauru e a entrada directa para o primeiro lugar do Top Galarza: chamam-se The George W Bush Singers e cantam os discursos de Bush júnior!

The George W Bush Singers, Songs in the Key of W

Vale a pena ouvir. E ouvir. E ouvir outra vez. E comprar, para ouvir outra vez. E pensar em fazer o mesmo com os discursos do Santana Lopes. Hmm...

Contra o Júnior...

...marchar, marchar!

«Contra los adverbios terminados en "mente"»...

...blogar, blogar!

Depois de Mário Crespo o ter dito na RTP...


...Joan Baez fê-lo na PBS!

28.9.05

Por falar em lesbiana...

Vai um gajo, desinteressadamente, procurar um consolo para estes dias cinzentos, tentar alugar um lenitivo para esta campanha mal-cheirosa, e dá de caras com isto:

To Rent-A-Dildo or not to Rent-A-Dildo?

Dizem que é porque a porcaria é tanta que não há limpeza que aguente. Um bocado como Portugal - por mais que se limpem duas ou três câmaras municipais... E por causa de uns, pagam todos. Não há justiça no mundo! Não há, pá. É que não há.

A lesbiana união europeia

A Espanha, a França, a Finlândia, a Suécia, a Holanda, a Bélgica, a Dinamarca, a Alemanha, a Grécia, a Itália. Estão a ver o padrão? Só fêmeas? Será acaso ou necessidade? Engenho ou arte? Lotaria genética ou opção estética?
E qual o papel da Inglaterra neste grande bacanal lésbico? O de hermafrodita transmutado em macho quando se chama Reino Unido, quiçá por influência desmedidamente viril do País de Gales?
E o do Luxemburgo, tão pequenino?
E Portugal, será voyeur ou participante?
E porque estarão estas questões sempre afastadas do debate político?
Hã?
Porquê?
Hã?

A Posta do Dia (cruel, muito cruel!)

«A spokesman for the 60's group The Animals, offered a public apology today.

Seems there ISN'T a house in New Orleans...
»

[in the Goose]

27.9.05

Anexo à posta de Quinto Galarza "Amigos cá em casa!"

O facto de o 'Amigos em Portugal', do qual possuo uma velha cópia em vinil, estar finalmente disponível em CD deixa-me uma dupla sensação. Se, por um lado, fico extremamente feliz por o poder encontrar neste formato, por outro recorda-me uma das mais tristes histórias da música portuguesa.
O disco foi editado pela portuguesa Fundação Atlântica, propriedade de Pedro Ayres Magalhães e Miguel Esteves Cardoso, tendo este último sido também o autor da foto da capa do álbum. O problema é que o pobre do Vini Reilly, rapaz simples e bem intencionado (que nunca manteve mais que um contrato de boa fé com o seu amigo e editor de sempre, Tony Wilson, o criador da Factory e personagem central do filme '24 Hour Party People'), nunca viu um tusto (escudo, euro, etc.), relativamente a direitos de autor e vendas sobre o disco (será que isso vai acontecer agora com a edição em CD???).
Como resultado, o músico britânico teve durante alguns tempos uma, justificada, "alergia" sempre que ouvia qualquer menção a Portugal. O problema desta história é ser conhecida por muita gente, mas, devido à importância pública dos "caloteiros" envolvidos, nunca ter passado de um "rumor".

Happy Tree Friend

Ou a história de um macaquinho feliz chamado Jorge Dabeliú...

Curious George W.

...contada às criancinhas numa revista para homenzinhos.

Amigos cá em casa!

Finalmente em CD, finalmente cá em casa, o álbum português de Vini Reilly...

The Durutti Column, Amigos em Portugal
«The Durutti Column, "Amigos Em Portugal":
Não só documenta uma das mais estimulantes fases da carreira dos Durutti Column (foi gravado em 1983), como representa uma das mais célebres edições do catálogo da histórica Fundação Atlântica. Sem procurar traduzir na música quaisquer retratos de portugalidade, eis um apurado depoimento de um compositor de rara sensibilidade, aqui numa etapa em que concedeu protagonismo ao seu primeiro instrumento: o piano.
»
(Nuno Galopim, in Sound + Vision)

26.9.05

Lima limão

O segredo está nos limões, diz o ancião enquanto os espreme vigorosamente num copo. Reforçam as defesas e matam a bicharada toda. Só há um efeito secundário que pode ser aborrecido, mas uma pessoa habitua-se. É tudo parecer doce. Até as imbecilidades.

«Working hard, hardly working...»

Cortina à prova de chefes

Ó Nossa Senhora!

Dizem por aí que a Fátima tem um blogue...

Ariel toca más blando


Agora, peça-lhe a cabeça...

25.9.05

A fazer batota ao jogo a Tânia do 4º Esquerdo arranjou uma maquia que lhe deu para comprar um carro utilitário, uns vestidos e mandar cantar um cego


Tenho que ir ali acima. Há uns trabalhos de sapateiro para fazer e desta vez calhou-me a mim pegar nas linhas e agulhas, nas formas e na cola que sobrou de snifar e ir até lá montar a cangalhada.
Vá lá, vá lá, não chores pela Argentina, Evita.

Alonso campíon!


Furacão Rita



O poeta não é cobarde
O poeta arde
O poeta grita na fractura infinita
O poeta desenha
O lema, o mote, a senha,
O poeta não concorda
O poeta acorda
O poeta brada ainda
O poeta desavindo
O poeta é de esquerda
O poeta talvez perca
Mas o poeta não se rende
O poeta não se vende
O poeta está presente.

de Eustáquio Pinho, O Meu Verão É Cego, Anadia, 2005

24.9.05

Art is in the eye of the artist

David Bowie Paul McCartney Marilyn Manson
Bob Dylan Tony Bennett Robert Smith
John Lennon Ringo Starr Janis Joplin
É só clicar nos quadradinhos para ver o que acontece quando músicos de sucesso decidem começar a pintar. Há mais para conhecer aqui, como aperitivo para a descoberta.

Olha o festival! Olha a festa! Olha o fartote!

The Found Footage FestivalThe Found Footage Festival PreviewThe Found Footage Festival Live
«The Found Footage Festival is a live comedy event and screening featuring odd and hilarious clips from videotapes found at thrift stores and garage sales and in warehouses and Dumpsters throughout the country.»

«You're a little low in the food chain to be mouthing off, aren't you?»*

Pela mão de dois caros "sound+visionianos", chegou às mãos da galarzada uma prosa de um crítico gastronómico do mui britânico Sunday Times. A longa prosa, que deveria ser uma opinião sobre um restaurande londrino, acaba por se revelar um desfiar de ataquezinhos a Portugal, aos portugueses, à nossa história e - aqui é que a porca torce o rabo - à gastronomia lusitana!

O senhor AA Gill começa logo por pôr a coisa em pratos limpos:

«I’ve never been to Portugal, so my prejudices about the salty Iberian appendix are unsullied and uncorrupted by acquaintance. It is with a disinterested authority, therefore, that I can say Portugal is (...) a place so forgettable that the rest of us haven’t even bothered to think up a rude nickname for it.»

Daí em frente, seguem-se as pequenas investidas contra a história de Portugal:

«Portugal is (...) the only colonial power that was given independence by its own colony. Brazil told Lisbon it would just have to stand on its own two feet now, because, frankly, being seen out with it was getting embarrassing. Portugal’s colonial reputation was for being overfamiliar with the folk they were ripping off. In fact, there is a theory that the Portuguese only got an empire as a desperate attempt to get laid.»

E até uma original comparação entre Portugal e Espanha:

«The world is dotted with plain mates on double dates, countries that are gawkier, hairier, shyer, goofier and less entertaining than their friends. Their main purpose is to make the next-door neighbour look good. (...) But how depressing must it be to be the forgettable one out on a date with Spain? (...)

Portugal has been doomed to be the mini-me España. It’s Spain that’s famous for sailors and discoverers, when, in fact, the Portuguese were better and braver at it. Spain got fascism and Franco; Portugal just got some bloke called Salazar, but nobody noticed. Spain got bullfights, flamenco, Penélope Cruz and Real Madrid; Portugal got golf courses, porto, gout and domestic servants. Name three famous Portuguese who weren’t sailors. Or three of your favourite Portuguese dishes.
»

Finalmente, após vomitar ideias pré-concebidas, AA Gill atira-se à cozinha portuguesa:

«In gallant little Portugal, the food is well meaning and pretty dreadful. And before you say anything, no, I’ve never had it well made, because I’ve never found anyone who can be bothered to make it. (...)

Portuguese food is heaven — if you’re Portuguese. But if you come to it with a mild hunger and a choice, it’s just sort of Spanish, but without the shrieking. (...)
»

Não é que a malta não concorde com algumas coisas - certo que somos o cantinho do lado de lá de Espanha, certo que a comidinha cá do burgo tem muita banha, certo, certo, certo... Mas o que nos parece mal, para além da linguagem exageradamente obsessiva e hipocondríaca (que, aparentemente, é imagem de marca do senhor), é só uma coisa: o Reino Unido não é aquele país que fez das salsichas com puré prato nacional e que ao almoço se debate entre o fish e os chips?

Pois ao senhor AA Gill os The Galarzas desejam uma bonita indigestão, uma agradável infecção alimentar e as melhoras.

[* in Ice Age]

O Teaser da Nação III

A conspiração foi urdida e firmada por trás do Fiat Uno, entre o frigorífico e o dragão.

23.9.05

ÚLTIMA HORA: Mail de Galarza molestado por detergente!

Ao mail de Galarza chegam as coisas mais estranhas. Mas esta ultrapassa tudo e todos. Ao mail de Galarza - onde chegam notícias, pedidos de divulgação, contribuições de camaradas blogueiros e o mais variado spam - chegou hoje isto:

«Novo Cillit Bang – Super Desengordurante

Depois do enorme sucesso alcançado com o lançamento dos produtos de limpeza multisuperfícies Cillit Bang Anti-Calcário e Sujidade e Cillit Bang Pó Efervescente de Limpeza, esta marca alarga a sua gama de produtos, introduzindo no mercado o novo Cillit Bang Super Desengordurante.

Este novo produto é um poderoso e versátil desengordurante, que remove a gordura mais persistente, acumulada ou ressequida, óleo, estorricados e sujidade em geral.

É indicado para a limpeza de bancadas, mesas, fornos, exaustores, microondas, azulejos de cozinha e muito mais, garantindo uma limpeza eficaz em profundidade no dia-a-dia.

Cillit Bang soluciona a maioria dos problemas de limpeza sem dificuldade, sendo a escolha certa para a limpeza diária do lar.

Imagem Cillit Bang em anexo.



Cillit Bang. Bang e a Sujidade Desaparece!

Para mais informações contactar:
Weber Shandwick I D&E
(assinatura e contactos irreproduzíveis)
»

Acho que o mail de Galarza precisa de uma limpeza... Ou será que alguém nos quer dizer qualquer coisa?

Será um pássaro? Um avião? Não, é o Super-Bidé!

Parece que o Bidé comeu uma dose de espinafres, cresceu-lhe uma segunda cabeça, deu-lhe uma de dupla personalidade e transformou-se no Super-Bidé. Olé!

Mal Ouvidos

- O Figo?! O Figo não é nenhum helicóptero!

Eles vivem



É a volta da Brigada do Reumático

22.9.05

R Tape loading error, 0:1


Those were the days...


Para quem se lembra:
Skool Daze, o velhinho jogo onde alguém sempre dizia "Sorry sir, I cannot tell a lie, Eric hit me", está refeito para Windows e apresenta-se neste site, prontinho para um download revivalista. Os trintões que passaram horas a ganhar linhas à conta dos murros, das fisgas, dos sapos, de mandar tipos para fora da carteira (iguaizinhas às da nossa primária, cujo tampo também se abria), então fazei-de favor de baixar o joguinho e espantar-se. Quer mais recordações? Clique aqui!

«A Maior Barbie do mundo passeia por Lisboa!»

«A maior Barbie do mundo é portuguesa.»

Lili Caneças: a Barbie Gigante!

«Dia 23 de Setembro, 6ª feira, a BARBIE GIGANTE vai passear por Lisboa a caminho da sua nova casa, a Toyotabox (Docas de Alcântara).

A saída de São João da Talha está marcada para as 15h30 e, até ao destino, vai passar pela Estrada Nacional 10, IC2, 2ª circular e incursão pela via radial em direcção a Algés, onde sai junto à Doca Pesca. A parte final da viagem faz-se junto ao Rio Tejo, pela Avenida Brasília.
»

A questão que se coloca é: o que raio é que a Lili Caneças foi fazer a São João da Talha?

O Teaser da Nação II

Chegou o Outono.
E em breve, chegará a notícia!
Mas ainda não é para já.
A contagem decrescente começa... em breve.

A boca aberta de espanto

Inside Deep Throat
Agora que, finalmente, estreia em Portugal o documentário Dentro da Garganta Funda, já era altura de repôr em Portugal o filme Garganta Funda. Só por uma questão de justiça histórica, claro.

Se o céu não lhes cair sobre as cabeças...

... o «novo 'Astérix' é hoje apresentado».

Astérix, o Gaulês

Poema de Millenium BCP

«Eu... estou aqui.
Eu... estou aqui.
Eu... estou aqui.
E eu... estou aqui.

Eu... estou aqui.
Eu... estou aqui.
Eu... estou aqui.
E eu... estou aqui.»

No mail de Galarza

Assim sim: boa ortografia, português correcto e escorreito, tudo muito bem explicado e perceptível. Dá gosto receber cartinhas assim. Dá ainda mais gosto lê-las até ao fim... Olha, rimou!

«Caros Sir/Madam
respondem-me em arbitrages@ozu.es

que eu sou advogado Kofi Mensah o advogado a Hon. Gillchrist Eva, um ministro anterior das indústrias, minas e poder e fecha confidant do Ex-Presidente Gnassigbe Eyadema. Em outubro 2004, meu cliente, Hon Gillchrist Eva caiu fora do favor com presidente atrasado Gnassigbe Eyadema em seu inablity continuado para conduzir eleições e para abandonar o poder após 38 anos como o presidente e o misrule inteiro da lei na república de Togo.

A esta extremidade, Gillchrist Eva e outros membros da oposição foram apertados no detention, mas por fevereiro 2005, o presidente Eyadema died.There era sucessão ao throne e um coup do palácio aconteceu que enthroned seu filho, Faure Eyadema como o presidente novo de Togo. Desde a ressunção de Faure Eyadema como o presidente Togo a família de Gillchrist Eva e outros membros principais da oposição estêve sob a limitação do movimento e desse não suportar, estão sendo molestados, policiado e os clientes de banco em Togo e no exterior de Gillchrist Eva foram frozen pelo governo de Togo. Além disso, o filho mais velho de Gillchrist Eva é no detention para-mais interrogação sobre seus recursos do pai e alguns originais vitais. Baseado no trauma Gillchrist Eva e na família imediata está passando, sua esposa, a Sra. linda Eva exijiu-me com prova do certificado de depósito para contatá-lo na confiança que o marido tem a soma de dólares de US$12.7Million, que foi alojada secreta em duas caixas do tronco e depositada com uma companhia de segurança como materiais do inheritance.

I conseqüentemente pessoalmente, apelação a você seriamente e religiosa para seu auxílio urgente mover este dinheiro em seu país onde eu o acredito serão seguro desde que meu cliente está ainda no detention e na esposa não podem sair do país devido à limitação do movimento imposta nos membros da família pelo governo de Togolese. Se este pedido lhe apelar, por favor para diante a mim seu número de telefone, seu numberand do fax seus nomes cheios e adress para permitir-nos emitem-lhe certificado de depósito bancário e outros originais relevantes, que podem lhe ajudar reivindicar conclusively o material etiquetado caixas do trunck do inheritance, você na liberdade negociará seu interesse nesta transação. Responda por favor urgente e trate com o confidentiality e o sincerity absolutos
A mais melhor consideração, o

Kofi Mensah(esq)

em nome de Gillchrist Eva e a família
»

Ah! Feliz ano novo...






Pode ir armando o coreto e preparando aquele feijão preto
Eu tô voltando
Põe meia dúzia de brahma prá gelar, muda a roupa de cama
Eu tô voltando
Leva o chinelo prá sala de jantar
Que é lá mesmo que a mala eu vou largar
Quero te abraçar, pode se perfumar porque eu tô voltando
Dá uma geral, faz um bom defumador, enche a casa de flor
Que eu tô voltando
Pega uma praia, aproveita, tá calor, vai pegando uma cor
Que eu tô voltando
Faz um cabelo bonito prá eu notar que eu só quero mesmo é despentear
Quero te agarrar, pode se preparar porque eu tô voltando
Põe prá tocar na vitrola aquele som, estréia uma camisola
Eu tô voltando
Dá folga prá empregada, manda a criançada prá casa da avó
Que eu tô voltando
Diz que eu só volto amanhã se alguém chamar
Telefone não deixa nem tocar
Quero lá lá lá iá, lá lá lá lá lá iá, porque eu tô voltando

(Chico Buarque)

Este estabelecimento tem livro de reclamações

Complaint Department: please take cover!

Em estilo prosaico, a senhora da segunda paragem de autocarro

Exmos. Srs.

Em retaliação à vossa exposição decidimos, gravemente, terminar o jogo com a próxima cartada. Estamos cansados disto (já dura há mais de três horas), queremos beber um grande copo de leite ou sumo de maçã, comer um pãozinho e de seguida fazer um outro jogo, para o qual vós não estais convidados.
Antes de iniciarmos a nossa partida de Monopólio, vamos ainda escrever as vossas de cartas de não recomendação e fechar-vos a porta para sempre.

Certos de que tereis uns maus dias, desatentamente, vossos odiosos:

21.9.05

No mail de Galarza

«Exmos. Senhores.

É evidente que à alteração da realidade internacional contemporânea devem corresponder novas estruturas de comprometimento político, mais englobante, que assegurem, com eficácia, o desenvolvimento dos valores fundamentais da Organização das Nações Unidas.

Com os melhores cumprimentos agradeço, também, a melhor divulgação.

(assinatura legível)
»

Sendo assim, eis a nossa melhor divulgação. Não precisa de agradecer.

Threesome (ouvido na rua)

1.
«Ó pá, cu... labora!»

2.
«O cinema na bi-anal de Veneza...»

3.
«- Tens TMN?
- Não, tenho Fuck-a-fone.»

Da Paz (Bartoon versus Bandeira)

Bartoon @ Público

Cravo e Ferradura @ DN

Rugas de chorar, rugas de sorrir,
rugas de cantar, rugas de sentir,
rugas de gozar, rugas de se vir...

Ora meta lá o dedo na boquinha da menina, mas cuidado para não interromper, que ela está mesmo mesmo mesmo quase...
«Beautiful Agony is dedicated to the beauty of human orgasm. This may be the most erotic thing you have ever seen, yet the only nudity it contains is the baring of beautiful souls. (...) We don't know what they're doing, or how they are doing it, we just know it's real and it's sexy as hell.»

OMS alerta

Cuidado com as doenças saudavelmente transmitidas.

O meu Sonho .284

O meu Sonho era ter uma casca de laranja debaixo do sovaco.

Regresso a um clássico

Ratos e gatos e outros animais. Uns mais que outros.

Há uma edição tuga desta preciosidade histórico-gráfica, mas é difícil apanhar elos na rede. Felizmente os livritos (dois volumes) encontram-se com facilidade nos traficantes da especialidade.

óRai's-ta-parta! (iii)

iGod: repenting made easy

iGod: coloque sua igreja na internet

óDeuses! (ii)

iJesus

iHomer

óDeuses! (i)

iGod

iGod

iGod

iGod

iGod

iGod

iGod

iGod