21.3.06

Adio, adieu, auf wiedersehen, goodbye.

Apolo-gia ao Wallbanger

A merda transbordou o prato. Não conseguimos deixá-la, pelo menos por agora. E há perfumes mais necessários para cheirar. Até que o feijão volte a crescer verde nas vagens.