4.2.06

Entretanto, num taxi da capital...

«Sapateiros! Isto era mazé tudo a martelo! Paga e não bufes, pá, cainda te tiram a carta. Sapateiros!»