3.12.05

A Greta Garbo bateu-me à porta outra vez. Como já não nos víamos há uns tempos, decidimos ir dar uma volta por aí, falar um bocado, beber uns copos de vinho...