11.12.05

Aurea sacra fames

Diz o adágio que "o silêncio é de ouro". Deve ser por isso que, cá em casa, somos todos pobres: gritamos uns com os outros de manhã à noite, por tudo e por nada. A berraria é tanta que, apesar dos vidros duplos e das paredes isoladas, os vizinhos chamam a polícia frequentemente, a pedir-nos que gritemos mais baixo.