22.11.05

Perdido e achado

Tinha perdido a música.
Não sabia para que lado ir, para a encontrar.
De repente, entre névoas e poeiras, surgem, qual D. Sebastião, as Crónicas da Terra Ardente.
Obrigado Fausto.