3.11.05

Da indolência

Viram ao que chegou a indolência dos operários desta casa? Nem uma palavrita postada em homenagem, nem um "parabéns a você" ao velho Terramoto.
Há coisas que deviam abalar-nos, mas estamos a ficar pesados e isso de nos mexermos é cada vez menos prioritário.